Veja quais são as 10 tecnologias que prometem emplacar em 2008

Da popularização da banda larga móvel às cada vez mais presentes interfaces táteis, 2008 promete alavancar tecnologias que começaram uma invasão em massa no ano anterior ou que têm se desenvolvido nos últimos anos e estão prestes a emplacar. Confira abaixo as 10 previsões para o próximo ano, segundo analistas da área e fatos noticiados em 2007.

Internet Móvel Com a chegada da terceira geração de celular (3G), os usuários conquistaram velocidade no tráfego de dados com a banda larga móvel e, mais que isto, concorrência entre as operadoras que deverá derrubar os planos de acesso. No Brasil, teve início no dia 18 de dezembro de 2007 o leilão de faixas para a implementação da tecnologia no País. Segundo previsões do IDC, o aumento da adoção de web móvel será conduzido também pela popularização de smartphones e pelas redes abertas e plataformas públicas, como o Android, do Google. Em março deste ano, a canadense Nortel Networks fechou parceria com a TVA para iniciar os primeiros testes com a tecnologia de banda larga móvel sem fio WiMax no Brasil. Sem novidade, porém, ainda falta que a Agência Nacional de Telecomunicações regule oficialmente o padrão Notebooks educacionais No início de dezembro, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a Assessoria Especial da Presidência publicaram o edital responsável por escolher o notebook educacional que será usado em colégios públicos selecionados no Brasil a partir de fevereiro de 2008. Pelo jeito, agora vai. Após negociações com as empresas responsáveis que calharam em visitas tanto de Nicholas Negroponte, da One Laptop per Child, como de Paul Otellini, da Intel, o Governo resolveu distribuir 150 mil laptops para mais de 220 escolas públicas brasileiras em fevereiro de 2007. A Positivo Informática venceu a primeira etapa do pregão, que começou no dia 19 de dezembro, mas ainda não tem garantido o direito de repassar os milhares de ClassMate PCs ainda – o Governo pretende pagar bem menos que o preço oferecido pela fabricante nacional.

TV Digital No dia 2 de dezembro, São Paulo deu início às transmissões de TV Digital aberta. Com alta qualidade de imagem, os brasileiros darão adeus aos chuviscos e fantasmas. Darão, isto sim, quando o sinal chegar a eles. Embora os consumidores ainda saibam pouco sobre a nova tecnologia, a disseminação da mesma deve ocorrer quando conversores – necessários à transmissão digital – mais baratos chegarem às lojas brasileiras, assunto que esteve no vórtice da discussão. Enquanto o ministro Hélio Costa prometia aparelhos por 200 reais, a indústria apresentou modelos que custavam mais de mil reais. Acrescenta-se a isto que o público ainda não tem recursos de interatividade, prometidos para um semestre após a estréia. O Instituto de Defesa do Consumidor aconselhou que as pessoas aguardem alguns meses para entenderem melhor as consequências da novidade. O presidente Luis Inácio Lula da Silva anunciou incentivos para baixar o preço do conversor, o que deve auxiliar para que 2008 seja o ano de consolidação da tecnologia.

Modelo de software como serviço Segundo o Gartner, a tendência é que nos próximos anos as empresas diminuam seus gastos com software, sendo um dos fatores responsáveis por esta mudança o modelo de software como serviço (Saas), em que o que vale não é ter o software, mas usá-lo conforme suas próprias necessidades. A previsão é de que um quarto de todos os novos negócios de sofware sejam entregues sob o formato em 2011. Enquanto isso, o modelo ganhou licença de código aberto baseada na GPL. Junto ao lado corporativo, as portas para aplicações hospedadas online também se abrem para usuários finais, com um investimento cada vez maior em aplicativos corporativos, como o OpenOffice.org ou o Google Docs, se popularizando.

Fabricantes de hardware no varejo Enquanto a Apple Store chegou ao Brasil camuflada em quiosques na rede varejista de supermercados Extra, a empresa de Steve Jobs estaria negociando com a Fast Shop para trazer a genuína Apple Store ao País em shoppings paulistanos. Além de Apple, outras integradoras de desktops e notebooks parecem estar de olho no varejo brasileiro, amplamente estimulado pelo programa federal Computador para Todos. Em dezembro, a Dell estendeu seus acordos no varejo para a rede brasileira Ponto Frio, após em maio fechar a primeira parceria com a americana Wal-Mart e, em seguida, com o Carrefour – restrita ainda à França, Bélgica e Espanha. O ingresso na rede varejista brasileira, pelo Ponto Frio, também foi dado no final de 2006 pela fabricante Lenovo.

TI Verde A consultoria Gartner afirma que, no próximo ano, os preceitos praticados em 2007 pelas empresas de tecnologia para diminuir o impacto ambiental de seus produtos continuarão. Um exemplo de ação é a iniciativa da Sony, que anunciou um programa de reciclagem de eletrônicos em agosto de 2007. Em maio, Steve Jobs, por sua vez, prometeu produtos mais verdes após ser acusado pela GreenPeace de ser a empresa de tecnologia que menos respeita o meio-ambiente.

Redes Sociais Em 2007, o Facebook abriu sua plataforma para desenvolvedores e se popularizou graças à enorme quantidade de aplicações agregadas à rede social. Seguindo o mesmo caminho, o Google criou a plataforma aberta para redes sociais OpenSocial, que tem por objetivo espalhar aplicações sociais para a web e iniciou uma espécie de “guerra velada” com o FaceBook em nome dos dois padrões abertos. As redes sociais estiveram também no centro de uma tendência que começa a ganhar força em 2008: a profissionalização das comunidade. Depois do brasileiro VideoLog, o YouTube abriu um programa para dividir receita de vídeo com seus criadores, algo estudado também pelo serviço de fotos Flickr para remunerar seus melhores fotógrafos.

Mídias locativas As etiquetas de identificação por radiofrequência RFID e a popularização de telefones celulares com suporte multimídia estão sendo aplicadas para a criação de mídias locativas, que permitem ao usuário, por exemplo, obter informações turísticas pelo celular sobre a capital portenha, Buenos Aires, em frente a seus monumentos. Com celulares habilitados pelas operadoras locais, a pessoa pode enviar uma mensagem de texto para o número reproduzido em placas de mármore em pontos de turismo da cidade e recebem podcasts com materiais explicativos sobre o local. A chamada realidade expandida é praticada, há algum tempo, pela tecnologia GPS (Global Positioning System), cujo uso têm se popularizado no Brasil com o lançamento do GPS 6110 Navigator, da Nokia, e dois navegadores para veículos lançados pela TomTom. A TIM, por sua vez, em 2007 também passou a oferecer navegação por GPS em aparelhos BlackBerry. A venda de celulares com GPS dobrará até 2012, segundo a ABI Research.

Busca semântica Interpretar o sentido das palavras digitadas em um mecanismo de busca para entender o que o usuário procura e lhe devolver as páginas corretamente relacionadas aos termos é a característica da busca semântica, que começou a engatinhar em 2007 e deverá ter suas primeiras aplicações práticas no próximo ano. Exemplo disto é o projeto OmniFind Personal Email Search, oferecido gratuitamente pela IBM em dezembro, que usa regras pré-definidas para encontrar informações específicas em um grande volume de e-mails do usuário final. O criador da web, Tim Berners-Lee, afirma que a web semântica representa o futuro da rede. O engenheiro do Google, Nelson Mattos, afirma interesse da gigante de buscas em investir em características voltadas à semântica. O crescente volume de dados armazenados pelas empresas serão algo de integração e gerenciamento de metadados, segundo o Gartner, o que levará à otimização de novas oportunidades para as empresas.

Computação tátil Tecnologias táteis adaptadas a diferentes ambientes está entre os pioneirismos previstos para 2008 pelo Technology Pioneers 2008. A tecnologia estará presente, no próximo ano, para controle de gadgets, dispositivos móveis, notebooks, desktops e outras aplicações. No mercado, a Microsoft oferece telas sensíveis ao toque no computador Surface. A mesa digital pode, com controle total pelo tato, sincronizar câmeras, indicar caminhos e reproduzir fotos. Do outro lado, a Apple lançou o iPhone, com um teclado virtual onde o usuário digita os números e comandos diretamente na tela multi-touch.

Via:IDG Now

5 comentários em “Veja quais são as 10 tecnologias que prometem emplacar em 2008

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s