EMPREENDA FÁCIL, PROJETO DA PREFEITURA DE SP, REGISTROU A ABERTURA DE 2 MIL EMPRESAS

Programa promete formalizar negócios em 7 dias, desde que o empreendedor já esteja com documentação em ordem

O prefeito de São Paulo, João Doria, fez um balanço do Empreenda Fácil. Lançado em 8 de maio, o programa promete baixar o tempo da abertura de empresas de 128 para 7 dias.  Desde a criação do projeto, 2 mil empresas foram registradas.

Há ainda uma fila de 30 mil solicitações de análises de viabilidade, quando o poder público determina se a atividade pretendida pode ser exercida no local desejado pelo empreendedor e outras 4 mil solicitações de registro.

De acordo com Doria, o programa é um exemplo para o país. “O impacto do projeto foi extraordinário e é um exemplo para outras cidades e uma referência internacional”, disse o prefeito.

De acordo com a prefeitura, para que o prazo de 7 dias seja cumprido, o empreendedor que deseja registrar um negócio deve estar com toda a documentação necessária para a criação da empresa.

A próxima etapa do Empreenda Fácil é expandir o programa para abertura de empresas de alto risco, fechar negócios, e alterar e regular o cadastro de empresas já existentes. “Estamos satisfeitos e confiantes com os resultados, mas cientes de que, por se tratar de um projeto complexo, pequenos ajustes precisam ser feitos”, diz o secretário municipal de inovação e tecnologia, Daniel Annenberg.

O Empreenda Fácil foi criado a partir da parceria da prefeitura com o governo estadual – por meio do auxílio de secretarias, da Junta Comercial de São Paulo e órgãos como Corpo de BombeirosVigilância Sanitária e Cetesb – e federal – com entidades como a Receita Federal e o Sebrae. Este último foi representado no evento desta sexta por seu presidente, Guilherme Afif Domingos.

Mais informações sobre o projeto e os documentos necessários para o registro podem ser encontrados no site do Empreenda Fácil.

Via: PEGN

Anúncios